É uma técnica simples. Mediante a retirada de sangue da veia E SUA IMEDIATA APLICAÇÃO NO MÚSCULO, AUMENTA EM QUATRO VEZES O NÚMERO DE MACRÓFAGOS NO ORGANISMO. São os macrófagos QUE FAZEM A LIMPEZA DE TUDO, eliminando bactérias, vírus e câncer.
publicado por auto-hemoterapia | Sábado, 26 Agosto , 2017, 21:48
Os brasileiros pedem socorro para uso livre da auto-hemoterapia no pais. 
 
Durante mais de cem anos os brasileiros usaram a auto-hemoterapia livremente. Em 2007, o governo brasileiro proibiu o uso da auto-hemoterapia faltando aos respeito à própria Constituição Federal. A decisão arbitrária foi tomada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e pelos Conselhos Federais de Medicina (CFM), Enfermagem (Cofen) e de Farmácia (CFF). Milhões de brasileiros deixam de se curar com a auto-hemoterapia em função das medidas arbitrárias, que só favorecem aos laboratórios farmacêuticos transnacionais, que só visam ganhos econômicos.
 
Após ver negado pedido para denunciar o governo à Justiça pelo órgão fiscal do cumprimento das leis, o Ministério Público Federal (MPF), grupo recorre à instância superior deste órgão. Sem uma postura correta do órgão ministerial, os brasileiros poderão denunciar o país à Comissão de Direitos Humanos da ONU.
 
Em qualquer país os cidadãos podem usar a auto-hemoterapia para prevenir ou curar doenças. O Brasil é o único a proibir a técnica, e milhões de pessoas usam a auto-hemoterapia e se curam, mas fazem asaplicações clandestinamente,  como se curar das doenças fosse crime.
 
O que pedem os brasileiros ao MPF?
 
“ PEDIDO 
 
Com base em todo o exposto, requerem: 
 
1. Que o Inquérito Civil nº. 1.17.003.000180/2015-31, instaurado naquela unidade do Ministério Público Federal – MPF seja reaberto, para que sejam consideradas solicitações que foram ignoradas até a precipitada decisão pelo arquivamento. 
 
2. Que sejam adotadas providências com vistas à revogação da proibição do uso da Auto-hemoterapia nos serviços de saúde e pelos profissionais da área, com o consequente cancelamento da Nota Técnica da Anvisa que trata da auto-hemoterapia. 
 
3. Que sejam adotadas providências com vistas à revogação da proibição do uso da Auto-hemoterapia pelos médicos, enfermeiros e farmacêuticos, com o consequente cancelamento dos atos arbitrários constantes do Parecer do CFM de Dezembro de 2007, e das resoluções do COFEN E CFF que versam sobre o assunto, pelo fato de ser a referida proibição fora da alçada daqueles órgãos. 
 
4. Que fique registrado o fato de que a auto- hemoterapia não se enquadra nas atribuições do CFM, porque não é procedimento experimental, conforme explicou o Prof. Dr. José de Felippe Junior. 
 
5. Que as consultas feitas às partes sejam levadas em consideração não somente quando servir para justificar as decisões discrepantes da ANVISA e do CFM a respeito, as quais provocaram inclusive um efeito dominó, ao serem copiadas cegamente por entidades como Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, Conselho Federal de Farmácia e Conselho Federal de Enfermagem. 
 
6. Que seja posto acima disso tudo o direito à saúde e o direito dos médicos de tratarem dos seus pacientes sem intervenções impróprias e indevidas, garantido pela legislação profissional e pela Constituição Federal e, até se estes instrumentos de garantias humanitárias forem desrespeitados, que sejam consideradas as normas internacionais, principalmente a Declaração de Helsinque, da Associação Médica Mundial, da qual o Brasil é signatário, que tem uma referência direta ao caso em tela. 
 
Nestes Termos, 
 
Pedem e Esperam Deferimento. 
 
Em 25/ 08 / 2017 “.
 
Saiba mais em

Participe das discussões sobre auto-hemoterapia 
 
Veja ainda 
 
Sexto grupo de multiplicadores populares de auto-hemoterapia está formando no Espírito Santo  
 
http://www.hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/se xto-grupo-de-multiplicadores-populares-de-auto.asp?p=1
 
E, 
 
http://hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/contra -a-proibicao-da-anvisa-do-cfm-e-cofen-brasileiros.asp
 
 

    


publicado por auto-hemoterapia | Quarta-feira, 23 Agosto , 2017, 19:05
Ministério Público arquiva inquérito sem apreciar argumentos dos defensores da auto-hemoterapia 
 
Walter Medeiros 
 
A Procuradoria da República em São Mateus, Espírito Santo, promoveu o arquivamento do Inquérito Civil nº. 1.17.003.000180/2015-31, instaurado naquela unidade do Ministério Público Federal -MPF para apurar suposta ilegalidade na proibição de auto-hemoterapia no Brasil, pelo Conselho Federal de Medicina e Anvisa. Na decisão sobre o arquivamento, foram apresentadas providências adotadas, que segundo a Procuradoria seriam suficientes para entender que não deveria levar o assunto para a Justiça. 
 
Cabe observar que no inquérito foi mostrado pelo requerente que "A autohemoterapia não se enquadra nas atribuições do CFM porque não é procedimento experimental.", conforme demonstrou o Prof. Dr. José de Felippe Junior. Os fatos, os documentos e vasta argumentação dos requerentes deixam cada vez mais clara a arrogância da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e do Conselho Federal de Medicina - CFM; porém a robusta, séria e qualificada argumentação não foi levada em consideração pelo Ministério Público Federal do Espírito Santo. Basta ver o documento que determina o arquivamento do inquérito. 
 
O QUE FOI PEDIDO NÃO FOI APRECIADO 
 
O Ministério Público decidiu como se perguntasse ao acusado o que fazer com a acusação. Concluindo, diz o documento: "Assim, embora o MPF se mostre sensível ao pleito das dezenas de pessoas que se manifestaram favoráveis ao uso da auto-hemoterapia, não pode impelir o CFM e a ANVISA a aceitem a auto-hemoterapia enquanto não sobrevierem pesquisas científicas, aprovadas nos moldes da Resolução CFM no 1982/2012, que garantam a eficácia do procedimento na saúde humana (e não a mera ausência de riscos). Uma atuação nesse sentido certamente não encontraria amparo no Poder Judiciário, como aconteceu recentemente com o caso da fosfoetanolamina2." 
 
Observe-se, data venia, que o pedido não foi para impelir o CFM e a ANVISA a aceitarem a auto-hemoterapia, mas sim contra as decisões que adotaram, extrapolando seus poderes. Por outro lado, a sociedade fica com um certo sentimento de orfandade, ao ver o MPF acatar tudo que Anvisa e CFM diz, deixar de lado os argumentos e provas dos defensores da auto-hemoterapia, e ainda por cima alegar que não submete o assunto à Justiça por achar que "não encontraria amparo no Poder Judiciário". 
 
UM MARTELO E UM PREGO 
 
A ANVISA e o CFM agem como quem só tem um martelo, pois para eles, no dizer do Dr. Lair Ribeiro, todo problema é prego. Para que os profissionais de saúde trabalhem com a auto-hemoterapia, existem processos científicos dentro dos padrões de pesquisa, o que para medicamentos e outros instrumentos pode ser correto. Mas para dar a impressão de que teriam razões para proibir o uso da auto-hemoterapia, com a histórica pré-disposição que têm, passam uma vista rápida em alguns itens, tentam desqualificá-los e em instantes anunciam novamente o veredito contrário, com afirmações estapafúrdias. 
 
Como se sabe nos meios jurídicos e administrativos, o princípio da precaução não pode nem deve ser empregado de forma autoritária, conforme alerta a Desembargadora Federal Marga Inge Barth Tessler, mas exige participação e diálogo com os interessados, o que não foi realizado em nenhuma circunstância pela ANVISA. 
 
OUTRO ABSURDO DO CFM 
 
O CFM, por sua vez, tão exigente, num patente desrespeito à sociedade brasileira, responde que “No sentido de atualizar as argumentações após a edição do Parecer 12/2007 (após 9 anos), pesquisei na literatura científica médica acerca de publicações que pudessem retroceder ou retificar a decisão tomada naquela ocasião. A busca foi realizada no PUBMED Central com as palavras “Autohemotherapy” OR “Autohaemotherapy” [...]”. 
 
Mais um absurdo. É desta forma que o CFM se inteira do conteúdo científico e adota suas decisões precipitadas. De forma pré-disposta, superficial, apressada. 
 
A GRANDE TESTEMUNHA FICOU DE FORA 
 
O Dr. Phd Francisco das Chagas Rodrigues, psiquiatra do Rio Grande do Norte, fez uma avaliação completa do assunto e relata: “O que achei mais interessante é que existem muitos pacientes em todo o Brasil que utilizam a técnica e que os Conselhos de cada estado poderiam ter solicitado o testemunho dessas pessoas.”. “Ora, - observa - se é para a população que os Conselhos prestam serviço na fiscalização dos atos médicos, parece que a grande testemunha foi deixada de fora.” 
 
Dr. Rodrigues continua afirmando que “Outra observação que podemos fazer nesse caso é que a grande arma usada para atacar a técnica é que ela não é científica e que, se imagina, os pareceristas são cientistas cujo poder de discriminação, de investigação, de julgamento, está acima de qualquer tipo de preconceito, como defende a Ciência.”. E enfatiza: “Não é verdade, são pessoas humanas, cada uma com seus defeitos e preconceitos. Um deles é que a Medicina deve ser uma atividade científica. Não é! Todos os grandes médicos reconhecem que a essência da Medicina é a ARTE de curar, de cuidar.” 
 
Aquele médico potiguar vai além e explica que “A Ciência é uma importante aliada para exercermos essa arte, mas não pode dar todas as respostas, pois ela é simplesmente um foco de luz nas imensas trevas de nossa ignorância.” 
 
Muito forte a constatação do Dr. Rodrigues, de que "a grande testemunha foi deixada de fora". 
 
MINISTÉRIO DA SAÚDE DESPREZA PESQUISAS COM ANIMAIS 
 
A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da 
Saúde, por sua vez, sintonizou com os procedimentos superficiais, apressados e incompletos dos demais órgãos citados, e diz que: “Para encontrar a melhor evidência atualmente disponível sobre o tema foi realização uma busca no dia 03/03/2017 com os termos “autohemotherapy, serum therapy e self-blood transfusion”, nas bases de dados eletrônicas: CADHT, Clinical Trials, CRD, DynaMed, Health Evidence, PROSPERO, NICE, PubMed, Scielo, Tripdatabase e UpToDate. Também foi realizada busca manual na literatura. No total, 202 estudos foram encontrados, destes dois estudos foram selecionados. Os demais estudos foram excluídos por serem: estudos em animais, relatos de casos ou estudos com qualidade metodológica inadequada. 
 
É dessa forma que o Ministério da Saúde tira conclusões sobre um procedimento tão importante, cometendo o absurdo, inclusive, de afirmar que "estudos foram excluídos por serem estudos em animais". Pelo que se sabe, muitos estudos em animais comprovaram a eficácia da auto-hemoterapia no tratamento e cura de doenças. Além do que a pesquisa com animais faz parte das exigências do próprio CFM. Como, então, desprezar esses estudos existentes, apenas para tentar reafirmar que a auto-hemoterapia não teria eficácia? Mesmo porque, no caso dos estudos em animais não foi questionada a qualidade metodológica. Os demais relatos da referida Secretaria apenas confirmam que auto-hemoterapia é assunto no mundo inteiro. 
 
* Walter Medeiros é jornalista. 
 
 
Pela transcrição, 
Ubervalter Coimbra 
67 anos 
- Vitória - ES

Publicado em http://hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/minister io-publico-arquiva-inquerito-sem-apreciar.asp

Comentário:
 
OS ORGÃOS DE SAÚDE NÃO EXPLICARAM O INEXPLICÁVEL: 
 
"Somente o Brasil" mostrou-se preocupadíssimo com a AHT, proibindo os profissionais de saúde de utilizarem a tecnica,, enquanto outros países seguem fazendo AHT. 
 
E TAMBÉM ESPERAM UM MILAGRE: 
EM VEZ DE INCENTIVAREM PESQUISAS, ESTÃO ESPERANDO QUE UMA BONDOSA TRANSFARMACEUTICA O FAÇA. 
 
Em outras palavras, muito conveniente para os órgaos de saúde no Brasil, já que sabem muito bem que dificilmente isso irá acontecer, pois... 
 
Na ocasião da publicação do Estudo AHT e Esclerodermia, na revista cientifica Europeia Referencia: 
 
NO BRASIL, GOVERNO E FISCAL DO GOVERNO FAZEM  CONLUIO E  MANTÊM PROIBIÇÃO ABSURDA DA AUTO-HEMOTERAPIA; POVO EXIGE RESPEITO ÀS LEIS  E LIBERAÇÃO DA TÉCNICA 
País é unico a proibir a auto-hemoterapia, e prejudica milhões de pessoas. Só os laboratórios farmacêuticos transnacionais lucram bilhões de dólares com a probição. No Brasil, durante mais de cem anos a auto-hemoterapia foi livre. O ato criminoso da proibição foi tomado em 2007, no governo Lula da Silva, foi mantido por Dilma Rousseff e no atual gover
 
ESTUDOS MULTICÊNTRICOS, RANDOMIZADOS, PROSPECTIVOS, CONTROLADOS, SISTEMATIZADOS E AFINS... 
 
E-mail de uma pessoa da "área de pesquisa" que comentou sobre o assunto:  
 
Estudos multicêntricos, randomizados, prospectivos, são os modelos americanos de que as organizaçoes multinacionais farmacêuticas fazem, custam carissimo e não encontramos nenhuma instituiçao de pesquisa brasileira que queira patrocinar um estudo desse com a Auto-hemoterapia, quer seja por preconceito também dos comitês de ética compostos por "médicos" não deixam passar os projetos de pesquisa. Tudo pacote americano que querem fazer.  
 
A própria ANVISA quando diz que precisa de estudos cientificos está se referindo a estudos dessa natureza, (randomizados, controlados, etc.). Ou seja, os estudos que já existem para eles não tem nenhum valor, nem esse o da Prof. GEOVANINI que foi publicado em Portugal, diga-se de passagem uma grande feito para o Brasil, tem valor para eles, pois é um estudo de caso. Para eles só serve estudo se for nos moldes dos das iundústrias farmacêuticas multinacionais. E como custam caríssimo e os outros projetos nunca passam nas comissões de pesquisa por preconceito (a maioria composta por médicos). Assim os pesquisadores brasileiros ficam com pés e mãos atados. Sei de MUITOS projetos com cobaias nesses moldes que a ANVISA quer, e OS CONSELHOS são contra. E NÃO QUEREM BANCAR. Ou seja, mandar fazer pesquisa é facil, quero ver é fazer e com todas essas restrições, e eles sabem muito bem disso.  

Fetha     


publicado por auto-hemoterapia | Sexta-feira, 18 Agosto , 2017, 19:25

 sexta-feira, 18 de agosto de 2017

7 ESTUDOS, 779 PACIENTES CONFIRMAM - A AUTO-HEMOTERAPIA É SEGURA E EFICAZ -
"Chinese Journal" 2011, Agosto Publicação de agosto de 2011 confirma eficácia e segurança da Auto-hemoterapia.

TRADUÇÃO ORIGINAL VIA GOOGLE

Auto-hemoterapia sistema de avaliação de eficácia
 e segurança para o tratamento da acne
Resumo: Objetivo: Avaliar a eficácia da terapia de auto-sangue para tratar a acne e segurança. Métodos: Método Cochrane Review. Resultados: Um total de sete estudos, 779 casos de pacientes com acne. Efeitos da terapia auto-sangue para tratar a acne do que a terapia de controlo, incluída no estudo não encontrou reacções adversas graves. Conclusão: A terapia auto-sangue é um tratamento seguro, e o efeito é significativo.
[Autor] : Guangdong Provincial Segundo Hospital; Medical University School of Medicine Sul; 
Palavras-chave : acne terapia de sangue desde a eficácia de segurança estudos de avaliação 
[DOI]: R275.9
[texto] Snapshot:
1. Segunda Hospital, província de Guangdong, Guangzhou 510095Second Hospital de Guangzhou de Medicina Tradicional Chinesa, Guangzhou, Guangdong, China 5100952. Escola de Medicina Chinesa, Southern Medical University, Guangzhou 528303College de Medicina Tradicional Chinesa, Southern Medical University, Shenzhen, Guangzhou, Ch

http://www.cnki.com.cn/Article/CJFDTOTAL-HNZK201108022.htm

Veja o que diz o DR. WU TOU KWANG: 
 
Médico acupunturista, um dos pioneiros da acupuntura no Brasil. Imigrante chinês, radicado no Brasil desde 1961. 
 
O prof. Dr WU detem um Curriculum invejável. 
 
Em postagem em fórum de discussão sobre a AHT, Dr Wu disse: 
 
Data: 13/02/2008 11:07:39  
De:Wu Tou Kwang  
IP: 201.92.136.133  
Assunto: Auto-Hemoterapia  
 
Sou medico, trabalho no HC-FMUSP  
 
Autohemoterapia funciona atraves de injecoes ou atraves de preparacoes homeopaticas com muita eficiencia... 
 
 

publicado por auto-hemoterapia | Segunda-feira, 14 Agosto , 2017, 14:44
TESTEMUNHO - (91 anos)


Meu pai, chama-se Severino, estava muito mal, com várias veias obstruídas pelo corpo, as carótidas com um proporção maior de obstrução de um lado 80% e do outro 60%, e tinha uma trombose na perna esquerda, andava com muita dificuldade, respirava com a língua para fora, igual a um cachorro quando está cansado, era horrível de se ver. Vivia calado, muito deprimido e ausente, devido ao mal de Alzheimer. Levamos ele em uma consulta com o cardiologista, em janeiro de 2012. O diagnostico foi: “-não posso fazer mais nada por ele. É isso ai que vocês estão vendo. Esse sofrimento até o final e se preparem que pode ser a qualquer momento, a situação dele é grave, continuem com os mesmos medicamentos que ele usa”. A dificuldade de levá-lo naquela consulta foi grande, pois tínhamos que carregá-lo quase no colo, estava muito debilitado. Por coincidência era o mesmo médico que cuidou do Chico Anizio. Ana e eu resolvemos tentar a aht nele... enfrentamos uma batalha, pois a maioria dos meus irmãos eram contra esse procedimento. Tentamos a primeira, no peito e na raça, mais não deu certo, o sangue estava muito grosso, com muita dificuldade conseguimos 3 ml, que coagulou antes de retirar a agulha da veia. Estávamos desesperados para aliviar o sofrimento dele de qualquer forma. Demos a ele por nossa conta, aspirina de 500mg de 12/12 durante10 dias, bastante limonada, suco de uva integral ômega 3. Não sabíamos se daria resultado, mas era só isso que tínhamos para dar a ele. Fomos tentar a 2ª aplicação, depois da enfermeira furar os dois braços dele muitas vezes, tentando achar uma veia e não conseguia de jeito nenhum. Quando já estávamos desistindo, Ela olhou uma veia que apareceu de repente e tentou, ai foi puncionando com muito esforço, porque o sangue ainda estava um pouco grosso, conseguimos os dez ml, fizemos o procedimento tão rápido para não coagular. Nas outras aplicações foi ficando mais fácil fazer a punção, e a melhora dele foi também muito rápida. Na 3ª aplicação, notamos que estava andando com mais facilidade. A cada aplicação a melhora era visível, começou em março de 2012 e em julho já estava passeando comigo “Ary” no shopping. Começou a se interessar por leitura, ver TV, coisas que não fazia mais por causa da demência. Voltamos com ele ao cardio em setembro de 2012, quando o Médico viu ele andando bem, conversando e sem a língua para fora da boca puxando o ar, perguntou: “ele está tomando mais alguma coisa além dos medicamentos que passei? “. Ana rapidamente disse não dr. só o que o senhor passou para ele, ai vendo espantado um outro Severino, pediu novos exames que achava desnecessários antes. Ressonância magnética, ecocardiograma, muitos exames de sangue. Na época as artérias tinham desobstruído um pouco, 30% e 10%, mas parecia muito mais, ai resolvemos aumentar a dose da aht para 20ml por 23 semanas, ai foi tudo de bom !! a melhora foi gritante!! Hoje ele esta ótimo, já reclama do prefeito rsrsrs, quer uma bicicleta para andar pelo bairro, mas não quer com 3 rodinhas, pois disse que essa é para criança, voltou a ser reclamão como era antes, e adoramos isso, porque é sinal de que está melhorando cada vez mais. Há! Disse que não precisa mais tomar a vacina, pois já estava bom. Ele chama a aht de vacina. No inicio, falamos com ele que o médico mandou tomar uma vacina, porque ele tem muito medo de injeção, hoje ele até vê a enfermeira fazer a punção, mas reclama que está doendo. Quando a gente pensa que a doença venceu a batalha, vem a auto-hemo e mostra o contrario.

-

Hoje eu li para o meu pai, o nome de todos que compartilharam e curtiram esta foto e o aniversário dele, Ele agradeceu e ficou admirado com o carinho de todos.
18 de Junho às 21:19

Ary F Silva: https://www.facebook.com/afsilva333

O Sr. Severino totalmente recuperado e já são mais de 100 aplicações de auto-hemoterapia!

E aos que desejarem mais informações, na página do Sr. Ary F Silva, existem muitos videos do Sr. Severino que ele publicou.


Toda a história do senhor Severino, com imagens impressionantes, em: 

http://autohemoterapia-por-doutor-luiz-moura.blogspot.com.br/20 17/08/autohemoterapia-na-recuperacao-do-sr-Severino-95-anos.html< /font>

 


publicado por auto-hemoterapia | Sexta-feira, 11 Agosto , 2017, 20:38
Auto-hemoterapia eficaz no tratamento de papilomatose canina
 
USO DA AUTO-HEMOTERAPIA NO TRATAMENTO DA PAPILOMATOSE ORAL CANINA. USING OF AUTO-HEMOTHERAPY FOR TREATMENT OF CANINE ORAL PAPILLOMATOSIS.

 

 

A papilomatose canina é uma doença tumoral benigna e auto limitante, causada pelo vírus do gênero papillomavirus, família papovaviridae, comum em cães jovens e imunossuprimidos. É caracterizada pelo aparecimento de papilomas únicos e/ou múltiplos em forma de “couve-flor” na superfície da pele ou mucosa, incluindo a boca, língua, palato, faringe, epiglote, gengiva, região labial, pálpebra e eventualmente a córnea. Quando ocorre na cavidade oral, os sinais clínicos incluem a disfagia, hemorragia local, infecções secundárias com presença de secreção purulenta na região dos papilomas. O diagnóstico é determinado pelos sinais clínicos, pelos exames histopatológicos. A auto-hemoterapia consiste em aplicações de sangue autólogo, por via intramuscular, com o objetivo de estimular o sistema imunológico através da ativação do sistema mononuclear fagocitário, proporcionando uma elevação de anticorpos. Na literatura veterinária, poucos estudos descrevem a utilização da auto-hemoterapia no tratamento da papilomatose oral em cães. O objetivo do estudo foi avaliar o uso da auto-hemoterapia no tratamento da papilomatose oral canina, com modificação da técnica descrita na literatura, com aplicações na base dos papilomas. Foi atendida no HV, uma cadela da raça Pastora Alemã, de 5 meses de idade, pesando 15Kg, com lesões do tipo tumoral em forma de couve-flor, cor de rosa e friáveis. As mesmas estavam localizadas na mucosa oral, língua, palato, faringe, epiglote e margens labiais. O diagnóstico foi estabelecido com base nos sinais clínicos, características das lesões e pelo exame histopatológico. O tratamento foi a base da auto-hemoterapia. Foi coletado sangue pela veia jugular e aplicado na base dos papilomas e áreas circundantes, com um volume variável de acordo com o tamanho dos papilomas. O tratamento foi realizado a cada 4 dias. Após cinco tratamentos, os papilomas regrediram por completo. Durante o período de tratamento não se registrou nenhum efeito colateral e após cinco meses não houve recidivas. De acordo com os resultados, a auto-hemoterapia, com aplicação direta do sangue autólogo na base dos papilomas, foi eficaz para o tratamento da papilomatose oral canina. Contudo, é uma técnica de fácil aplicação e baixo custo e futuros estudos, com maior número de amostras, deverão ser realizados.

Estudo realizado por: Santos, I.F.C., Bambo, O, Cardoso, J.M.M., Dimande, A., Mapatse, M. Departamento de Clínica e Cirurgia, Faculdade de Veterinária, Universidade Eduardo Mondlane, Moçambique. Departamento de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia – UNESP – Botucatu. São Paulo. Brasil. ivansantos7@hotmail.com. 

PDF NA UNESP: http://www.fca.unesp.br/Home/Pesquisa/MostraCientifica/trabs/27 .pdf

Marcelo Fetha registra: Inicialmente eu conhecia o primeiro PDF, porém pesquisando no Google Academico encontrei o 2º PDF do estudo completo e bem detalhado da Medvep Dermato - Revista de Educação Continuada em Dermatologia e Alergologia Veterinária (2012);2(2); 39-43.
 

http://autohemoterapia-por-doutor-luiz-moura.blogspot. com.br/2017/08/autohemoterapia-no-tratamento- da-papilomatose-canina-2012.html 


publicado por auto-hemoterapia | Quinta-feira, 10 Agosto , 2017, 14:20
Gersonito Cabral publicou a informação no Grupo Autohemotherapy Canada - Auto-Hemoterapia em 14 de maio de 2017.
 
Informou  que aplicava a auto-hemoterapia em si mesmo e "com muita fé em Deus estou curado".
 
Gersonito tem 54 anos e ficou 70 dias em coma e, depois, 1 ano deitado, com o corpo fétido, esperando a morte.
 
Devido a um estresse muito grande, por razões particulares, a sua taxa de glicose elevou-se de súbito.
Ele teve um desmaio na rua e foi levado ao hospital.
Na ocasião, a sua taxa de glicose estava em 450.
Entrou em coma, e acordou somente 70 dias depois.
A taxa de glicose chegou a 983.
Passou um ano inteiro deitado numa cama, numa situação terrível, e chegou a pesar 43 kg.
No período em que passou 1 ano deitado na cama, teve diversos outros problemas de saúde.
Teve parada cardiaca, problemas renais, de coluna, pneumonia, dengue, e necrose em várias partes do corpo.
Quase teve uma das pernas amputadas.
As pessoas que faziam a limpeza do quarto, não aguentavam o mau cheiro.
Ele disse: eu estava apodrecendo.
Foi quando ele se lembrou de uma amiga, que tabalhou em uma farmácia, e fazia aplicações de auto-hemoterapia.
As aplicações eram de 1 ml até 10 ml e depois retornavam de 10 ml a 1 ml.
E então ele começou a fazer as aplicações de AHT em si mesmo.
Três semanas depois que iniciou as aplicações de AHT, seu filho entrou um dia no quarto e disse: - pai, não está cheirando mais, o mau cheiro acabou!
Ele me contou que se deu bem, fazendo 3 aplicações por semana, em média de 3 ml.
Hoje a sua taxa de glicose se mantém em torno de 80 a 90, e ele está pesando mais de 100 kg.
E encontra-se com a saúde totalmente restabelecida graças a Auto-hemoterapia.
 
Toda a documentação fotográfica do paciente em 
https://autohemoterapia-por-doutor-luiz-moura.blogspot.com.b r/2017/08/diabetico-so-esta-vivo-gracas-a-autohemoterapia.html
 
NE: A informação foi obtida e divulgada por Marcelo Fetha.

publicado por auto-hemoterapia | Quarta-feira, 09 Agosto , 2017, 15:16
Grupo de auto-hemoterapia no Facebook atinge 36 mil membros
 
https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/  permite que  você relate os  resultados de seu  tratamento com a técnica. Isto  ajudará outras pessoas a encontrar o caminho da cura.

O espaço é uma excelente oportunidade para participação dos povos lusófonos dos quatro cantos do planeta, nesta campanha pela cura com a auto-hemoterapia. Esta participação será importante para o enfrentamento dos laboratórios farmacêuticos transnacionais, cujos remédios não curam e produzem doenças iatrogênicas, que matam, só nos Estados Unidos da América 781 mil pessoas por ano.

Lembremos o que está na capa deste blogs: a AUTO-HEMOTERAPIA  É uma técnica simples. Mediante a retirada de sangue da veia E SUA IMEDIATA APLICAÇÃO NO MÚSCULO, AUMENTA EM QUATRO VEZES O NÚMERO DE MACRÓFAGOS NO ORGANISMO. São os macrófagos QUE FAZEM A LIMPEZA DE TUDO, eliminando bactérias, vírus e câncer.

Vejam algumas participações:

 
 
Werner Ulrich
 
Hola Buenas tardes. Escribo desde España. Tengo Hepatitis autoinmune y tras suprimir la terapia convencional ( prednisona y azatioprina), las transaminasas han empezado a subir de nuevo. Empecé con la autohemoterapia ( 10 cc- 5+5) una vez por semana durante 10 semanas. La respuesta ha sido muy buena y se me han normalizado completamente las Transaminasas hepáticas. He descansado de las inyecciones durante 15 días y las transaminasas han empezado a subir de nuevo. Ahora he empezado de nuevo con la AHT ( 5+5 cada 5 días) y voy por la 7º iny, pero me esta costando bajarlas. Supongo que tengo que continuar de forma intensa o bien subir la dosis, no lo se. Querría saber si hay alguien con esta enfermedad que tenga más experiencia que yo. Muchas gracias. Con el traductor se puede traducir al portugués. Muchas gracias.
Comentários

Aluysio Robalinho Saludos. Continúe con 10 ml cada 5 días por un mes más. Si no funciona, pase a 20 ml de 5 X 5.
Curtir
Werner Ulrich Muchas gracias. Esto de la AHT me ha sorprendido mucho. Decidí dejar la medicina convencional y decidí probar otras opciones. Tengo 67 años y seguiré con esa terapia. Es importante contactar con compañeros de viaje. Muchas gracia
 
Elaine Seixas Werner Ulrich Por favor, lea este testimonio Hepatitis auto himune ......"
 
 
En mi caso llegué a ingresar en 2003 por 10 días porque los médicos no podían llegar al diagnóstico.
Las enzimas llegaron a 1500, 1600 ...

Los médicos se cubrían porque aplicaron corticoides y las enzimas bajaron. Entonces se investigaron los anti-cuerpos anti musculatura lisa y aparecieron.
Ahora estoy en una pausa porque los exámenes son normales desde hace bastante tiempo, sin corticoides e inmunosupresores que me ayudaron hasta 2005 cuando inicié la auto hemo y paré con la medicación.
La cortita me ayudaba a bajar las tasas pero no se mantenía cuando paraba la medicación Con la auto-hemo las tasas se mantuvieron normales sin medicación. Hago auto hemo desde 2005.
Quiero volver pronto con las aplicaciones para un mantenimiento sólo.
Espero poder haber ayudado.
Cualquier duda no se preocupe en preguntar.
Este tratamiento fue enviado por Dios
Lo que hice fue profundizar sobre el asunto y es lo que te aconsejo hacer antes de tomar la iniciativa de comenzar el tratamiento...."
</ div>
 

Elaine Seixas Werner Ulrich El Dr. Luiz Moura enseñó que para enfermedades autoinmunes dividir la aplicación en 4 lugares, para desviar el sistema inmunológico, que esta viciado en atacar el propio cuerpo. ¡Buena suerte!
 
Kátia Rabelo Também faço auto hemo para doença auto imune. Seria bom você aumentar a dose para 10 ou 15 ml de cinco em cinco dias. Não desista.
 

 


publicado por auto-hemoterapia | Terça-feira, 08 Agosto , 2017, 20:36
Por Solange Novitzki DE Lima
 
Auto-hemoterapia proporciona diversos benefícios, dentre eles: - alergias, ansiedade, depressão, transtorno bipolar, labirintite, gastrite (h. pylori), problemas cardíacos, de pele e feridas.
 
Este é um testemunho IMPORTANTÍSSIMO, que você não pode deixar de conhecer. Pois ele aborda vários aspectos. Eu acompanhei a Solange desde o início, desde a sua chegada nos Grupos da Auto-hemoterapia no Facebook.
 
BREVE HISTÓRICO INICIAL

Posso atestar o estado de depressão da Solange, desde a sua primeira postagem nos Grupos. Pela primeira foto acima (ver em http://autohemoterapia-por-doutor-luiz-moura.blogs pot.com.br/2017/08/autohemoterapia-cura-depressao-alergias-e-proporciona -outros-beneficios-por-Solange-Novitzki-DE-Lima.html ) você já pode imaginar.
 
Postado por Fetha.

 


publicado por auto-hemoterapia | Segunda-feira, 07 Agosto , 2017, 14:15
sexta-feira, 4 de agosto de 2017
AUTO-HEMOTERAPIA CURA ENFISEMA E BRONQUITE ASMÁTICA
Auto-hemoterapia resolve problemas pulmonares gravíssimos
 
O comentário foi feito no vídeo Reportagem sobre a Autohemoterapia exibida no Jornal da Bandquando ele estava no canal worldautohemotherapy. Hoje o vídeo está publicado no canal Auto Hemoterapia

COMENTÁRIO

geraldoseuamigo fez um comentário sobre Reportagem sobre a Autohemoterapia exibida no Jornal da Band:

“Dr.” eu era paciente fase final de enfisema grave, evolução de Bronquite asmática que tive desde criança, eu fiquei no oxigênio em casa sem poder se quer ir à rua, por 20 anos.
Aos 21 anos, *** EU FIZ A AUTO-HEMOTERAPIA 20 ML DE 4 EM 4 DIAS, E FIQUEI CURADO, em um ano de tratamento. SE EU DEPENDESSE DA SUA OPINIÃO, HOJE EU ESTARIA MORTO ***, é bom que o senhor tenha colocado a cara para todo mundo ver, e fugir do seu consultório.
Jorge Geral Seifert 

Inormação publicada em http://www.youtube.com/user/geraldoseuamigo

ANTIGO URL DO VÍDEO

Reportagem sobre a Autohemoterapia exibida no Jornal da Band
https://www.youtube.com/watch?v=i2VDfUD3ZHY
 
Reproduzida por Fetha em
http://autohemoterapia-por-doutor-luiz-moura.blogspot.com.br/ 2017/08/auto-hemoterapia-cura-enfisema-e-bronquite-asmatica.html

 


publicado por auto-hemoterapia | Quinta-feira, 03 Agosto , 2017, 18:44
Sábado, 29 de julho de 2017
 
Registro fotográfico mostrando a evolução do tratamento e cura de úlcera varicosa pela Auto-hemoterapia. ( Veja em http://autohemoterapia-por-doutor-luiz-moura.blogspot.com.br/2017/07/aut ohemoterapia-comprovacao-de-cura-de-ulcera-varicosa-por-Ida-Zaslavsky.ht ml  )
 
Recebi da Enfermeira Ida Zaslavsky o histórico e as fotos para fazer a divulgação deste caso de mais uma comprovação de cura pela auto-hemoterapia.
 
H.I.A. é pescador aposentado, com 70 anos de idade, natural e residente de Florianópolis/SC, casado.
 
Há muitos anos ele apresentava problemas circulatórios, já passou anteriormente por 3 (três) feridas abertas na perna esquerda, usou Benzetacil 1.200 UI e outros cuidados.
 
Desta vez, já estava há dois anos com a ferida aberta em dois pontos e infeccionada, com perda de tecido, edema e dor intensa no membro inferior esquerdo limitando sua capacidade de caminhar.
 
Iniciamos as aplicações de auto-hemoterapia com 20cc/semana, dividindo 10cc em cada músculo do glúteo, por 8 sessões e após a nona aplicação passamos a aplicar 10cc/semana, devido a melhora do quadro, e, com 12 semanas a ferida fechou, desinchou a perna e a circulação melhorou (de roxeada passou a rosada).
 
À partir de então as aplicações foram a cada 15 dias e assim tem sido regularmente até agora-julho/2016.
 
Observem a evolução de todo o tratamento nas figuras a seguir:
 
Quando a ferida fechou sr. H. concluiu:
 
“O sangue ilumina para procurar o que está doente no corpo“.
 
IDA ZASLAVSKY 
 
Enfermeira – COREN/SC 47446
Terapeuta Corporal
Auto-Hemoterapeuta
Contatos – 48/9610-9777
livroautohemoterapia@yahoo.com.br
idazass@yahoo.com.br
Facebook – Ida Zaslavsky
Skype – idazas64
 
 
 

mais sobre mim
Setembro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
Visitantes
blogs SAPO
subscrever feeds