É uma técnica simples. Mediante a retirada de sangue da veia E SUA IMEDIATA APLICAÇÃO NO MÚSCULO, AUMENTA EM QUATRO VEZES O NÚMERO DE MACRÓFAGOS NO ORGANISMO. São os macrófagos QUE FAZEM A LIMPEZA DE TUDO, eliminando bactérias, vírus e câncer.
publicado por auto-hemoterapia | Terça-feira, 07 Outubro , 2014, 18:47
“Vacina” para Ebola é auto-hemoterapia
 
“As pessoas que fizerem corretamente a auto-hemoterapia de 5 em 5 dias não correm o risco de pegar o virus Ebola”. É o que diz o médico sergipano Jorge Martins Cardoso, autor da séria de mais de cem artigos sobre “Auto-hemoterapia, Dr. Fleming e os Antibióticos”, na qual mostra a eficácia dessa terapia no tratamento de doenças.
 
O médico acrescenta que “Não existe "vacina" ou "vacinas" contra o vírus Ebola, nem medicamentos específicos para combater a epidemia em curso”. Para ele, o que existe é “a ‘vacina do sangue’, conforme consta no livro do médico baiano Olívio Martins, que trata de terapia idêntica à auto-hemoterapia defendida pelo médico carioca Luiz Moura”. Entretanto, diz que a auto-hemoterapia defendida por Dr. Luiz Moura é a mais segura.
 
Histórico
 
“Enquanto experimentam usar o sangue contra o vírus ebola, a auto-hemoterapia já tem um  histórico de mais de 100 anos”. A observação é da enfermeira gaúcha radicada em Florianópolis, Ida Zaslavsky, que usa a técnica há mais de vinte anos e reuniu experiências exitosas no livro “Auto-hemoterapia – um bom passo maior que a perna; das bases à autonomia do viver”. Ela se refere à decisão da Organização Mundial de Saúde de recomendar o uso de sangue de pessoas curadas para tratar as pessoas que contraíram o vírus.
 
Auto-hemoterapia é uma técnica que combate e cura doenças com a retirada de sangue da veia e aplicação imediata no músculo. Esta terapia vem salvando vidas há mais de cem anos e foi muito difundida desde 2004 através de DVD explicativo gravado pelo Dr. Luiz Moura, do Rio de Janeiro e distribuído gratuitamente de mão em mão ou pela internet.
 
Segundo a enfermeira, “A OMS está recomendando de forma experimental usar sangue de pessoas curadas por um vírus muito violento que é o Ebola, mas na realidade milhares de brasileiros já fazem esse tratamento com o próprio sangue há mais de 100 anos, sem risco, sem efeito colateral, nem contraindicação”.
 
Ela afirma que “No Brasil podemos evitar a Epidemia Ebola com a  auto-hemoterapia, que  previne e trata de infecções”. E explica que “Com esta técnica pode-se aumentar a imunidade antes mesmo de passar pelo risco da infecção, o que deve ser feito ao menos nos lugares onde o risco for maior”.

Texto de Walter Medeiros, jornalista.


Nota do Editor:  Jorge  Martins  Cardoso, brasileiro é considerado um dos grandes pesquisadores da auto-hemoterapia, com destaque em todo o mundo.

Mais informações sobre auto-hemoterapia, entre outros,  em 
 


mais sobre mim
Outubro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
23
25

27
28
29
31


pesquisar neste blog
 
Visitantes
blogs SAPO