É uma técnica simples. Mediante a retirada de sangue da veia E SUA IMEDIATA APLICAÇÃO NO MÚSCULO, AUMENTA EM QUATRO VEZES O NÚMERO DE MACRÓFAGOS NO ORGANISMO. São os macrófagos QUE FAZEM A LIMPEZA DE TUDO, eliminando bactérias, vírus e câncer.
publicado por auto-hemoterapia | Sábado, 09 Setembro , 2017, 20:48
AUTO-HEMOTERAPIA E OUTRAS TÉCNICAS QUE CURAM TODAS AS DOENÇAS: CÂNCER, AIDS (SIDA), AUTISMO, PARKINSON, ALZHEIMER, MALARIA, DOENÇA DE CHAGAS, DOENÇA DO SONO  ... 
 
AUTO-HEMOTERAPIA 
 
"É um recurso terapêutico de baixo custo, simples que se resume em retirar sangue de uma veia e aplicar no músculo, estimulando assim o Sistema Retículo-Endotelial, quadruplicando os macrófagos em todo organismo. LUIZ MOURA SUMÁRIO A técnica é simples: retira-se o sangue de uma veia - comumente da prega do cotovelo - e aplica-se no músculo, braço ou nádega, sem nada acrescentar ao sangue. O volume retirado varia de 5ml a 20ml, dependendo da gravidade da doença a ser tratada. O sangue, tecido orgânico, em contato com o músculo, tecido extra-vascular, desencadeia uma reação de rejeição do mesmo, estimulando assim o S.R.E. A medula óssea produz mais monócitos que vão colonizar os tecidos orgânicos e recebem então a denominação de macrófagos. Antes da aplicação do sangue, em média, a contagem dos macrófagos gira em torno de 5%. Após a aplicação a taxa sobe e, ao fim de 8h, chega a 22%. Durante 5 dias permanece entre 20 e 22%, para voltar aos 5% ao fim de 7 dias a partir a aplicação da auto-hemoterapia. A volta aos 5% ocorre quando não há sangue no músculo. 
 
As doenças infecciosas, alérgicas, auto-imunes, os corpos estranhos como os cistos ovarianos, miomas, as obstruções de vasos sangüíneos são combatidas pelos macrófagos, que, quadruplicados, conseguem assim vencer estes estados patológicos ou, pelo menos, abrandá-los. No caso particular das doenças auto-imunes, a autoagressão decorrente da perversão do Sistema Imunológico é desviada para o sangue aplicado no músculo, melhorando assim o paciente. 1. HISTÓRICO Em 1911, F. Ravaut registra:  
...". 
 
Auto-Hemoterapia Conversa com Dr Luiz Moura. Entrevista. Vídeo Completo do DVD  
 
DVD, em português, subtítulos em inglês:  

       Auto-hemotherapy – Talking to Dr. Luiz Moura

https://www.youtube.com/watch?v=6PevPuy8epQ< /p>

E, em espanhol:  

 
 
 
Auto-hemoterapia transcrição completa do DVD em  
 
Auto-Hemoterapia Síntese, em artigo (cinco telas de computador) 
 
Facebook auto-hemoterapia  
 
Depoimentos de pessoas curadas de câncer com auto-hemoterapia: 
 
 
Fanpage no Facebook: 
 
Canal no Youtube: 
https://www.youtube.com/user/worldautohemotherapy< /div>
 
Literatura internacional sobre auto-hemoterapia  
 
Em francês: "Autohémothérapie locale dans l’angiodermite nécrotique : étude pilote  
 
Topical haemotherapy as treatment for necrotic angiodermatitis: a pilot study", por D. Courivaud, M. Ségard, S. Darras, O. Carpentier, P. Thomas,  
 
 
Em alemão:  
 
Praxis der Eigenbluttherapie, de Harald Krebs  
 
 
 
E, em inglês:  
 
AUTOHEMOTHERAPY REFERENCE MANUAL  
 
Definitive Guide and Historical Review From Bloodletting to Stemcells  
 
A technical report, por S. Hale Shakman  
 
 
E: 
 
A AUTO-HEMOTERAPIA É EFICAZ E SEGURA, PROVA  
CIENTISTA EM MANIFESTAÇÃO OFICIAL SOBRE A TÉCNICA  
"... Além de não se enquadrar em tratamento experimental a autohemoterapia devido a eficácia e segurança está disponível para a população carente do nosso País, desde que a abordagem convencional seja plenamente empregada e não tenha surtido o efeito desejado, pois, cabe ao médico assistente minorar sofrimento e melhorar a qualidade de vida de quem o procura e nele confia. O paciente é responsabilidade do seu médico assistente.  
Atenciosamente  
Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo - USP  
Livre-Docente em Clínica Médica – setor Medicina Intensiva pela  
Universidade Federal do Rio de Janeiro - UNIRIO  
...".  
 
Este o o último parágrafo do parecer do cientista José de Felippe Júnior em que atesta que os médicos podem, sim, empregar a auto-hemoterapia em seus pacientes no Brasil. Diferentemente do que determina o Conselho Federal de Medicina (CFM), que proibiu os médicos de usar a técnica no país, tornando o Brasil único no mundo.  
 
O cientista produziu o documento por solicitação do Ministério Público Federal (MPF) e o apresentou como "Resposta ao ofício n. 1397/20160 – PRM/SAM/GAB/2o OFÍCIO solicitado ao Prof. Dr. José de Felippe Junior São Paulo, 18 de outubro de 2016".  
 
Depois de analisar a bibliografia o que o permitiu constatar a segurança e eficácia da técnica, o cientista analisou a decisão do Conselho Federal de proibir que os médicos empreguem a auto-hemoterapia. Provou então que o CFM exorbitou em suas funções, agindo ilegalmente.  
 
Estranhamente o parecer do cientista sequer foi levado em conta pelo procurador que assinou a decisão sobre o requerimento do grupo. Por esta razão, o grupo que fez o pedido a apresentou recurso à instância superior do MPF, pedindo a revisão da decisão do procurador de arquivar o processo.  
 
Todo o conjunto de informações do cientista, o parecer do procurador e o recurso feito à instância superior do MPF podem ser consultados no endereço  
 
------------------------------------------------------ ----------- 
 
NALTREXONE-LDN  
 
DR. LAIR RIBEIRO (TRAILER) 
 
Sobre este assunto, Lair Ribeiro dá três aulas para médicos (50 minutos de duração, cada). De fácil busca.  
Palestra Com Dr Lair Ribeiro Parte 1 
 
Dr Lair Ribeiro Baixas Doses de Naltrexona LDN - Parte 2 
 
Dr Lair Ribeiro Naltrexona(LDN) Parte 3 
 
The Low Dose Naltrexone Homepage 
 
Página traduzida: Naltrexona de baixa dose 
 
 
Em 1985, Bernard Bihari, médico com uma prática clínica na cidade de Nova York, descobriu os efeitos de uma dose muito menor de naltrexona (aproximadamente 3 mg uma vez por dia) no sistema imunológico do organismo. Ele descobriu que esta baixa dose, tomada na hora de dormir, foi capaz de melhorar a resposta do paciente à infecção pelo HIV, o vírus que causa a AIDS. [Nota: Posteriormente, a dosagem ideal para adultos de LDN foi de 4,5 mg.] 
 
Em meados da década de 1990, o Dr. Bihari descobriu que os pacientes em sua prática com câncer (como linfoma ou câncer de pâncreas) poderiam se beneficiar, em alguns casos, dramaticamente, da LDN. Além disso, as pessoas que tiveram uma doença auto-imune (como lúpus) geralmente mostraram controle imediato da atividade da doença ao tomar LDN. 
 
Dois alimentos que alimental o câncer 
 
 
------------------------------------------------------ ----------  
 
Quimioterapia e Radioterapia: Crimes contra a humanidade 
 
 
-------------------------------------------------  ;
 
OZONIOTERAPIA cura 236 doenças - Trata AIDS, câncer, entre outras. 
Por Lair Ribeiro  
 
------------------------------------------------------ ------  
 
CDS ou MMS  
 
Dr Lair Ribeiro explica o MMS de Jim Humble - YouTube (Trailer) 
 
Como fazer MMS e CDS. - YouTube  
 
------------------------------------------------------ -----  
 
MEDICINA BIOMOLECULAR  
 
 
Canal do prof. Dr. José de Felippe Junior (Um dos maiores divulgadores da Ciência no Brasil)  
 
 
Setenta e quatro Maneiras de Prevenir o Câncer Parte 1  
 
Setenta e quatro Maneiras de Prevenir o Câncer Parte 2 
 
Setenta e quatro Maneiras de Prevenir o Câncer Parte 3 
 
Postado em 8 de setembro de 2017 
 
Ver outras t

http://www.hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_op iniao/auto-hemoterapia-e-outras-tecnicas-que-curam -todas-as.asp 


mais sobre mim
Setembro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
28
29
30


pesquisar neste blog
 
Visitantes
blogs SAPO